terça-feira, 8 de maio de 2007

Homem-Aranha 3: máximas

Realmente vencemos quando derrotamos a nós mesmos.

Proprietários russos durões sempre se mostram bons amigos nas horas de dificuldade.

Podemos ser vítimas de experimentos nucleares, mas nunca vítimas da vida.

Ruivas não são melhores que loiras; apenas chegam primeiro.

Certas pessoas não se encaixam: na vida, então caem em reatores nucleares e não conseguem salvar a filhinha com uma doença degenerativa muito rara; e nos filmes, mesmo que caiam em reatores nucleares e não consigam salvar a filhinha com uma doença degenerativa muito rara.

Um comentário:

  1. camarada otimista12 de maio de 2007 16:50

    Sugestão: Kursten Dunst para "Tetéia da Semana"... Já que o Aranha merece toda essa atenção...

    ResponderExcluir